Brasília- DF 22-09-2016 Presidente Temer, governador de pernanbuco, Paulo Câmara e ministro da educação, Mendonça Filho, durante Cerimônia de Lançamento do Novo Ensino Médio Palácio do Planalto. Foto Lula Marques/Agência PT

O presidente da República, Michel Temer, disse que concorda com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. “Ele tem os pés no chão. Quando ele diz que ainda não tem os votos [para aprovar a reforma da Previdência], coincide com o que nossa articulação política também tem falado. Faltam alguns votos para chegar aos 308 necessários”.

Segundo o Poder360, Temer falou muito sobre sua obsessão a favor da reforma da Previdência. Declarou-se otimista sobre obter os votos, mas realista sobre não ser possível levar adiante essa esperança quando março chegar.

O presidente também falou ser a favor do Refis para micro e pequenas empresas: deve enviar 1 novo projeto sobre o tema para o Congresso. Não se arrepende de ter nomeado Cristiane Brasil ministra. Recusa-se a falar sobre quem prefere como candidato a presidente. Acha que em São Paulo é viável uma aliança entre MDB e PSDB. Vai fazer uma reforma ministerial num pacote só. Declara ter zero preocupação com o inquérito a respeito do porto de Santos. E sente-se hoje melhor com 2 stents, mas continua a tomar uma dose de aspirina infantil por dia.

COMPARTILHAR
Contrate Miguel Daoud para seu evento. Palestrante de política e economia com especialização em agronegócio. Formado pela Escola Superior de Administração de Negócios pela Universidade Católica de São Paulo - PUC. Apresentador e comentarista com experiência televisiva em emissoras como Canal Rural, Rede Globo e Globo News. Saiba mais em http://migueldaoud.com.br.