Através de um informativo divulgado no dia de hoje, quinta-feira, 11, o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, comenta que a safra de café no Brasil neste ano de 2018 deve alcançar um volume de 53,2 milhões de sacas de 60 kg, representando um aumento de 14,9% com base na comparação anual. Este valor é decorrente principalmente do ciclo de bienalidade positiva para o arábica.

Para o IBGE, a produção do grão tipo arábica, será em torno de 41,4 milhões de sacas, representando um aumento de 18,6% em relação ao ano de 2017. Para o grão robusta, as previsões mostram que a produção deve alcançar um volume de 11,78 milhões de sacas, atingindo um aumento de 3,8% também em relação ao ano anterior. O IBGE ainda afirma que para o arábica, os rendimentos devem aumentar mais de 20% neste ano de 2018.

As previsões para o robusta apontam que a mesma deverá passar por recuperação após uma período severo de seca que atingiu o estado do Espírito Santo, que é o principal produtor nacional. O grão tipo conilon não fica de fora, já que as previsões apontam para um crescimento próximo dos 2,6% neste ano.

O Instituto Brasileiro ainda comenta sobre uma redução de 2,2% na na área plantada com arábica em 2018, ficando em 1,469 milhão de hectares contra 1.503 milhão em 2017, porém a informação não detalha as possíveis causas para a redução.

COMPARTILHAR
Estudante de Publicidade e Propaganda, pronta para novos desafios e buscando trazer sempre o melhor conteúdo para os leitores.