A colheita do trigo que está sendo realizada no Uruguai, além de já ter atingido 50% apresenta resultados primários de rendimento e qualidade bastante variados. Os rendimentos relacionados aos hectares, vão de 1000kg a 4000kg nos casos pontuais. Em relação a média, até o momento, é de 2500kg, de acordo com técnicos que foram consultados pelo Grupo Trigo.

O resultados que possuem foco na qualidade, apresentam que o produto está com pH por volta de 80 e os níveis de proteína apresentam-se de maneira aceitável.

Segundo informações da técnica da Calmer, Carolina Silveyra, até o momento não foram registrados problemas de qualidade na zona de Mercedes, e os rendimentos apresentados foram de 3000kg por hectare, com extremos inferiores e outros que estão acima dessa média. Porém os resultados não são suficientes para cobrir custos de produção.

Alguns exportadores e também operadores foram consultados pelo boletim Monitor Agrícola e disseram que a estimativa preliminar para o rendimento está aproximando-se dos 2800kg por hectare, ainda que a colheita precise avançar mais pelo sul do país. Ainda de acordo com o Monitor Agrícola, a produção deve alcançar números próximos das 550.000 toneladas em 2017/18 se considerado uma área de 187.000 hectares. Porém, é preciso ficar de olho nas dificuldades geradas por fatores climáticos sobre a área que foi efetivamente plantada.

COMPARTILHAR

Estudante de Publicidade e Propaganda, pronta para novos desafios e buscando trazer sempre o melhor conteúdo para os leitores.